Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.

ATP Dusseldorf 2014: Melzer de bom nível com apetecível valor em solo germânico

ATP Dusseldorf 2014: Melzer de bom nível com apetecível valor em solo germânico
"O mais recente título da carreira de Melzer surgiu em semana anterior a um Major, em Winston-Salem na última época, portanto ele não se recusa a pôr uma mudança acima antes de um Grand Slam." Jurgen Melzer @ 17.0 em Dusseldorf
por Andrelot   |   comentários 0


Quando estamos a apenas uma semana do Roland Garros, o circuito masculino tem mais um evento em Terra batida para preparar o Open de França e Sean Calvert encontrou um par de "outsiders" muito interessante em Dusseldorf e Nice...

As últimas paragens na terra batida europeia antes de Roland Garros acontecem em Nice e Dusseldorf, com dois eventos ATP 250 no Menu da semana 21 do World Tour.

Não estarão presentes as estrelas de topo do Ténis esta semana, uma vez que farão repouso com vista ao Open de França, mas esta semana pode ser boa para encontrar algumas apostas de grande valor.

Certamente que será uma semana complicada para apostar em cabeças-de-série, tal como os acontecimentos do ano passado sugerem; Albert Montanes venceu em Nice e Guido Pella, um "qualifier", foi semi-finalista em Dusseldorf, com Jarkko Nieminen a chegar à Final.

Juan Monaco, 3º cabeça-de-série, saiu-se bem em Dusseldorf há 12 meses atrás e está de volta num ranking bem mais baixo um ano depois após uma longa lesão que o vem afectando.

Por norma, Philipp Kohlschreiber deverá triunfar na Alemanha, mas a verdade é que perdeu na 1ª ronda no ano passado e é certamente um jogador em que não se deve confiar tendo em conta o seu registo de carreira em termos de abandonos e desistências.

Dusan Lajovic é um interessante "longshot" na parte superior do quadro de Kohlschreiber, que parece fraca, com um Andreas Seppi fora de forma e o finalista do ano passado Nieminen. 

Também aí, estará Yen-Hsun Lu, que possui um registo horroroso em terra batida e se Lajovic conseguir passar pelo temperamental Teimuraz Gabashvili na 1ª ronda pode ser um jogador a considerar.

Os jogadores provenientes da Qualificação não parecem ter grande palavra a dizer, no entanto são um pouco melhores em Nice, e a parte inferior do quadro parece bem mais competitiva com várias ameaças, incluindo Juan Monaco.

O campeão em título tem um registo de 5-12 esta temporada e não pode ser considerado uma valia, mas há outras opções como Jurgen Melzer, Marcel Granollers, João Sousa, Nikolay Davydenko, Jiri Vesely e Igor Sijsling.

O último destes chegou às Meias-Finais no ano anterior, mas tem uma perigosa 1ª ronda frente a Vesely, enquanto Davydenko parece estar longe dos anos em que conquistava títulos em torneios deste tipo.

Granollers deverá poupar-se para os singulares e pares em Roland Garros e Sousa não tem mostrado nada ultimamente que o possa colocar na minha lista de potenciais escolhas como pretendente ao título esta semana.

Tudo isto, leva-me a Melzer, cujo título mais recente da carreira surgiu em semana anterior a um Major, em Winston-Salem na última época, portanto ele não se recusa a pôr uma mudança acima antes de um Grand Slam.

Melzer deverá ter muita energia de reserva com apenas 10 encontros disputados esta temporada após o seu regresso de lesão.

Todos eles aconteceram em terra batida e ele até teve algumas boas vitórias frente a Marin Cilic e John Isnerantes de perder para Andy Murray numa partida equilibrada.

O preço ronda os 17.0 e uma aposta no austríaco para ser a melhor hipótese em Dusseldorf.

E se há jogador que não é fiável antes de um Major é Gael Monfils, que não só se retirou na Final de Winston-Salem contra Melzer, como também foi o derrotado na Final de Nice do ano passado diante de Montanes.

Lamonf, como habitualmente, tem andado a contas com problemas físicos e não tem jogado desde que se lesionou a caminho do court na Meia-Final de Bucareste a 26 de Abril.

Ele deveria vencer este tipo de evento, mas o seu registo em Finais é horrível e a sua vitória em Sopot em 2005 continua a ser o seu único título ATP em terra batida.

Eu prefiro Ernests Gulbis aqui, mas ele nunca venceu um título de terra batida e poderá pagar caro o facto de estar na mesma secção do quadro do semi-finalista do ano passado Edouard Roger-Vasselin, que se cota a apetecíveis 41.0para vencer o seu primeiro título da carreira em terra batida.

O francês era 75º no ano anterior mas agora chega 30 lugares acima após uma muito boa temporada e o seu sorteio pareceu razoável, com um potencial jogo nos Quartos de Final com Monfils ou o homem que o derrotou no ano passado, Albert Montanes.

Montanes parece estar a queimar os seus últimos cartuchos aos 34 anos e é difícil imaginá-lo a segurar o título.

Na parte superior do quadro em Nice as coisas parecem complicadas, com John Isner, Gilles Simon, Federico Delbonis, Carlos Berlocq, Dominic Thiem e Julien Benneteau, todos eles com hipóteses e os 26.0 para Thiem e os 21.0 para Berlocq parecem as melhores apostas.

Thiem tem agonizado com uma doença infecciosa e pode estar um pouco mal preparado para este torneio, enquanto Berlocq venceu em Oeiras e parece a melhor aposta em alternativa a Isner e Simon.

Gillou já jogou o seu bom encontro do ano, enquanto Isner não estará em condições de servir bem por forma a triunfar aqui.

Dos "qualifiers", Leo Mayer está em forma e pode ser um dos que pode causar problemas dependendo de onde seja colocado no sorteio, e a dupla americana Sam Querrey e Jack Sock também não deverá tornar-se muito perigosa esta semana.


Apostas Recomendadas: (Ambas para Cash Out)
Jurgen Melzer @ 17.0 em Dusseldorf
Edouard Roger-Vasselin @ 41.0 em Nice

iApostas Betfair
,

Partilhar "ATP Dusseldorf 2014: Melzer de bom nível com apetecível valor em solo germânico" via: